Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2010

São Paulo, 456

Tudo bem, o céu nublado descarta qualquer chance de dizer: o dia está lindo. Isso para alguns, porque para mim, por exemplo, dia lindo não é só aquele com sol de rachar e um céu azul sem nuvens. Dia feio também é bonito, oras. Mas lá, os dias quase sempre são assim, cinzas e sombrios. O que pode causar desespero.

Aquele cinza sem cor pode ainda ser pior. Porque tentar ver a rua, já de uma feiúra honesta, e ainda enfrentando uns pingos de chuva mal formada na cara, pode ser triste e melancólico. Ou feliz, bem lá no fundo. Mas ainda assim, sempre melancólico. E os pingos quase sempre estão lá. Não é à toa que é conhecida como “terra da garoa”.

Suas meninas também não são donas de beleza incontestável. Exibem uma certa palidez e as bundas não costumam sair assim, sozinhas, requebrando por aí. Beleza, nesse caso, só a interior. O resto é exceção.

O concreto é a parte mais sincera. Afinal está ali apenas para deixar tudo mais desbotado ainda. Goste quem quiser. Arrancou à força todo o verde …