Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Quero um amor

Quero um amor
Que não seja breve
Que não seja fraco nem tolo

Quero me acabar de amar
Num amor leve
Em um amor todo

Quero ser todo amor
Numa brisa que passar
Ou na água fria do mar.

Alguém

Quando acordou preferiu permanecer calado. Olhou ao lado procurando o que não tinha certeza. Ela, também acordada, o observava com uma expressão serena. Ficaram assim, não se sabe se por um minuto, uma hora ou um dia inteiro.

Até que ela resolveu interromper o silêncio e perguntou: Quem é você? Mais silêncio. A pergunta saiu exatamente como ela queria. Não com aquele tom grosseiro, como se o estivesse acusando de algum crime ou perguntando onde havia passado a última noite. Simples assim: ‘’quem é você?’’.

Sabia seu nome, sabia do que gostava, o que fazia, o que não fazia, número de RG, CPF, camisa predileta, cantor preferido. Tudo. Mas pela primeira vez desde que estavam juntos, sentiu curiosidade de saber quem realmente era aquele homem que chamava de seu.

Ela não esperava a reação que veio. Como se ele já estivesse esperando por aquela pergunta, como se soubesse que ela viria mais cedo ou mais tarde.

“Não sei”, foi o que disse. E fechou os olhos novamente, tentando esquecer o que…