Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

É Pecado Ainda Gostar de Woody Allen?

Extremistas de plantão e justiceiros sociais em geral hão de erguer seus braços em protestos contra mim. Parentes e amigos hão de me bloquear nas redes sociais. Cogito até que ocorra uma demissão. A minha, no caso. Mesmo assim, assumindo todas essas possíveis consequências, farei a declaração a seguir:

- Assistirei ao mais recente filme do Woody Allen.

Pronto. Aposto que um basto número de leitores acaba de abandonar o texto para procurar algo mais útil a se fazer, como falar mal de indolentes blogueiros na internet, a começar por este que vos escreve. Mas sim, afirmo estoicamente que assistirei também ao próximo filme que Woody Allen fizer. Além disso, estou cogitando reservar um tempo livre para rever toda a sua filmografia. Se você é um leitor menos radical e decidiu por percorrer seus olhos até essas mal traçadas findarem, explico abaixo minhas razões.

Não vou mentir. A polêmica em voga nos últimos dias envolvendo o diretor me afetou. Sempre fui fã de Woody Allen e, quando tom…

O Dia Em Que Topei Com João Gilberto Em Calgary

Ler em Português
Read in English

Dia desses resolvi dar uma volta por alguns lugares que ainda não conhecia em Calgary. Escolhi primeiro caminhar por Inglewood, o bairro mais antigo da cidade. Lá fica a atual Ninth Avenue, que foi por algum tempo a principal avenida daqui. Hoje é uma região cheia de lojas e galerias de arte, artesanato e antiguidades. Além de já ter sido definida como o centro da música local por conta de seus bares e restaurantes e os festivais promovidos ao longo do ano. Em resumo, lugar interessantíssimo para um passeio despretensioso. Então, me fui.


Já calcorreando pelas charmosas calçadas do tal bairro, um som familiar me alcançou. Uma música que eu sabia que conhecia, mas levei algum tempo para reconhecer. Mais ou menos como quando você topa com um conhecido na rua e por um segundo não se lembra de onde o conhece. Foi o prazo de entrar a voz de João Gilberto, cobrindo o solo de saxofone:

- Um cantinho, um violão...

Era Corcovado, clássico de Tom Jobim interpreta…