Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Etc.

Tem uma música martelando na minha cabeça. "Estou sozinho, estou triste, etc." Maldito Caetano! Tem o dom de me atar um nó na garganta e de me traduzir sem nunca ter me lido.

Todo mundo tem um dia ruim, uma semana ruim, um ano em que seria melhor não ter brindado sua chegada. Todo mundo sempre tem um encontro marcado com ela. E a tristeza, quando chega, é egoísta, possessiva, não aceita dividir a atenção. Portanto, só é profundamente sentida quando se está sozinho. "Estou sozinho, estou triste, etc." Como faz para baixar o volume?

A tristeza muitas vezes também é abstrata. Não se está triste por algo específico, e sim por um conjunto de fatores ou simplesmente por... nada. Se está triste e pronto. Uma infinidade de sentimentos ou de vazios. Para mim, o "etc" de Caetano pode ser tanta coisa. Representa justamente esse excesso de significados. Colocando o "etc" na música, o poeta abre o horizonte e permite que esse sentimento seja consequência de …