Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

Mestre Armando Nogueira

O Brasil está em luto.

O jornalismo perdeu um mestre. As palavras perderam seu guia. Ficaram mudas como a torcida na hora do gol adversário. O esporte ficou sem o seu melhor tradutor, o seu principal porta-voz. Armando Nogueira partiu sem avisar, deixou órfãos os meninos que ele viu, os que ele não viu e aqueles dos quais nem ouviu falar.

Sou desses últimos.

Lembro que certa vez quando comecei a pensar na profissão que escolheria, lá pelos quatorze ou quinze anos, conheci Armando Nogueira. Na época o jornalismo já era meu Plano A. Meu pai, sempre incentivador das minhas idéias, por mais absurdas que pareçam, me presenteou com A Ginga e o Jogo, coletânea de crônicas de Armando Nogueira. O Plano A acabou se tornando o plano único, do qual ainda sou refém. Não tinha como ser diferente.

Principalmente porque Armando Nogueira uniu como poucos duas das minhas paixões: o esporte e a poesia. Nunca pensei que as duas coisas serviriam uma para a outra. Talvez nem sirvam mesmo, nas mãos de outro.…

Quem com ferro fere...

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, neste momento, é um maior abandonado. E o detalhe: em plena Inglaterra. O político viajou sem a primeira-dama, Carla Bruni, para Londres, hoje. Os rumores que correm pela imprensa britânica é de que Carla estaria tendo um caso com um homem mais novo, o cantor francês de música pop Benjamin Biolay. O que teria motivado o abandono.

Porém, a imprensa britânica também acusa Sarkozy de querer pagar na mesma moeda. Segundo alguns jornalistas, o presidente da França estaria saindo com sua ministra da Ecologia, Chantal Jouanno. Ministra que é também ex-campeã de karatê! Como Carla Bruni declarou durante a semana que seu marido jamais a trairia, a escolha de Sarkozy pode ter outro tipo de motivação. Carla que se cuide.

A primeira-dama francesa foi alvo de outra polêmica recentemente, ao usar um vestido visivelmente sem sutiã em um jantar oficial. A alegria efusiva dos homens presentes não causou estranheza em Sarkozy.

Já na Inglaterra, o presidente se def…